domingo, 20 de junho de 2010

Exemplo - A melhor evidência da existência de buracos negros.

Uma das perguntas interessantes sobre a teoria da gravitação de Newton é:

O que acontece quando se junta muita massa num mesmo lugar? Uma massa muito maior que a das estrelas, por exemplo.

Neste caso a teoria prevê que a matéria "cai sobre si mesma", ou seja, a força elétrica que mantém os eletrons afastados do núcleo é vencida e depois o próprio núcleo não mais se mantém.... no final temos um buraco Negro.

Não temos ainda provas de que os buracos Negros existam mas temos fortes evidências. Uma das melhores é um grupo de estrelas, no centro da nossa galáxia, que estão orbitando em torno de um ponto que se supõe ser um buraco Negro.

Como sabemos que esse objeto é um Buraco Negro? Ora, só um objeto desse tipo teria força gravitacional suficiente para obrigar essas estrelas a descreverem essas órbitas.

No vídeo a seguir e mostrada uma simulação com os dados das observações do movimento dessas estrelas acumulados no decorrer de vários anos (Veja a marcação na caixa em cima , à esquerda). Isto possibilitou traçar parte das órbitas.

O Buraco Negro estaria no ponto no centro marcado, no vídeo, com uma estrela.





No vídeo a seguir temos uma simulação por computador dessas mesmas órbitas. O vídeo começa com uma vista do centro galáctico a partir da Terra. Depois o computador faz uma "zoon" na direção da constelação de Sagitarius e, no final, temos o grupo de estrelas e a localização do buraco Negro marcada com um círculo num dos focos das elipses descritas pelas estrelas.




Dos dados obtidos na pesquisa podemos afirmar que as estrelas descrevem exatamente as órbitas previstas por Newton e Kepler...Isto a milhares de anos-luz de distância...

Dá o que pensar, não é mesmo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...